Olhar Diverso por Raquel Ramos Machado

|
22 - dezembro 2011
por raquelrmachado na categoria Viagem

Jardim do aeroporto de Cingapura

Os filmes participam da nossa formação educacional. Há frases lembradas, cenas sonhadas, algumas viáveis, outras pura alucinação. Levamos tudo como carregamentos da alma. Digo isso, porque recentemente vivi cena de filme sonhada na infância. Bobagem, mas que me fez rir e refletir sobre a desorganização dos aeroportos no Brasil.

Sabe os carrinhos motorizados de aeroportos que parecem os de campos de golf? Sempre tive vontade de andar em um em aeroporto, talvez lembrando filmes de crianças travessas.

No retorno para o Brasil, vindo de Bali e passando por Cingapura, a conexão era imediata. Ocorreu, porém, pequena complicação. O vôo atrasou em Bali.

Fiquei angustiada de perder o próximo vôo (sem freqüência diária): ainda tinha tanto trabalho, notas dos alunos para lançar. Vim o trajeto de Bali pensando se daria tempo.

Quando chegamos a Cingapura, já passara 10 minutos do encerramento do vôo, mas… Parecia um sonho. Um motorista com carrinho motorizado nos esperava à porta do avião. Ele nos aguardava com uma placa. Entramos, ele ligou a sirene e saímos velozmente correndo pelo gigante e belo aeroporto de Cingapura, com três terminais, ligados um ao outro por trem (e escolhido como o melhor do mundo em administração, com internet grátis, piscina e sala de relaxamento).

No carrinho motorizado - as imagens ao redor estão um pouco borradas, por conta da velocidade. O mais engraçado: a sirene ainda estava ligada.

Entramos no avião aliviados.

Chegando ao Brasil, toda a satisfação do retorno (por melhor que seja a viagem), porque o amor mora aqui. Mas é socialmente um choque. O aeroporto de Guarulhos estava um caos de gente se amontoando pelo chão, pelos corredores, não havia organização para pronto atendimento de demandas e com muita dificuldade (e lentidão) se podia andar a pé pelo seu saguão.

Saguão do aeroporto de Guarulhos

Saguão do aeroporto de Cingapura

Apenas uma justificativa para isso: falha da administração pública, seja na prestação direta do serviço, seja na fiscalização do serviço prestado em solo pelas companhias.

O Brasil está economicamente rico, internacionalmente respeitado, mas é o 20º mundo em infraestrutura. Isso pode pôr todas as demais chances a perder. Pode ser pouco, mas cabe a cada um de nós reclamar, para tentar mudar, o que me faz lembrar Montesquieu.

É no governo republicano que se tem necessidade de toda a força da educação… Podemos definir essa virtude como o amor pelas leis e pela pátria… Este amor é singularmente característico das democracias. Somente nelas o governo é confiado a cada cidadão. Ora, o governo, é como todas as coisas do mundo: para conservá-lo é necessário amá-lo.

Pode parecer utópico acreditar que pela reclamação é possível mudar, mas o que seria da vida não fosse a crença no sonhar?

          (0) votos.
Posts
 
Abril
D S T Q Q S S
« jul    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  
Tags